Fome e Frio

Existe uma grande diferença entre necessidade e vontade de comer. A popularmente conhecida gula é algo comum a todos nós, e muito pouco tem a ver com a necessidade que o organismo tem de ingerir nutrientes.

inverno

Os sentimentos de fome e de saciedade são controlados por áreas diferentes do hipotálamo, região do cérebro responsável pela regulação do apetite, temperatura corporal, balanço de água no corpo, sono e alguns fatores relacionados a emoções.

Estudos chegaram à conclusão de que a área que regula a fome é inibida pelo calor, e, por outro lado, a região que controla a saciedade é inibida pelo frio. Então, aquela sua suposta necessidade de comer mais quando está frio não é apenas uma impressão, é real. Ao mesmo tempo, isso também explica porque é tão mais fácil fazer dieta no verão.

A digestão e absorção dos nutrientes contidos em nossa alimentação produzem uma certa quantidade de calor, é o que chamamos de efeito térmico dos alimentos. O tempo frio, além de prejudicar a inibição do centro da fome, também facilita a perda de calor para o ambiente. Portanto, mesmo produzindo calor com nosso consumo normal de alimentos, esse calor é rapidamente perdido, o que colabora para sensação de fome.

Seguindo essa lógica, também é possível entender porque quanto mais intensa é uma atividade física, menos fome sentimos depois de executá-la. Exercícios físicos elevam a temperatura corporal, o que faz com que os praticantes sintam bastante sede, mas nenhuma vontade de comer. A fome, geralmente intensa, costuma vir depois, quando a temperatura corporal abaixa.

Mas por que sentimos tanta fome depois de atividades intensas realizadas na água, como a natação, por exemplo? Acontece que o corpo humano perde mais calor para o meio líquido do que para o ar, o que faz com que a temperatura corporal abaixe e, consequentemente, nossa vontade de consumir alimentos aumente depois de sairmos da piscina.

De fato, a maior fome que sentimos em tempos mais frios tem fundamento e pode ser explicada pela ciência, mas isso não quer dizer que seja preciso aumentar a ingestão de comida nesses períodos. Nossa necessidade de nutrientes é independente da temperatura, portanto, devemos aprender a controlar e organizar melhor nossa alimentação, entendendo como o nosso organismo funciona.

 

Incontinência Urinária: Causas e Tratamento.

A uretra é o canal que leva a urina da bexiga para fora do organismo. Quando o controle sobre a urina que sai da uretra fica comprometido, caracteriza-se a incontinência urinária. Nesse caso, o estoque e o esvaziamento da urina da bexiga não funcionam de maneira coordenada, em virtude do mau funcionamento dos nervos e músculos da bexiga ou uretra.

mulher2

O problema pode envolver vazamentos de urina mais ocasionais, como também pode alcançar o nível de total incapacidade de retenção da urina. Nos casos de incontinência urinária reversível podemos citar como causas a infecção urinária, desordens psicológicas ou hormonais, inflamação da bexiga, uso de alguns tipos de medicamentos, etc. A incontinência urinária persistente pode envolver diversos fenômenos, como o esforço (quando atividades como dormir, rir, espirrar ou realizar exercícios aumentam a pressão dentro do abdômen, culminando na perca de pequenas quantidades de urina) e o sobrefluxo (quando a bexiga não consegue esvaziar por completo, produzindo um gotejamento). De modo geral, as principais causas apontadas para a incontinência urinária, são:

– Distúrbios musculares ou nervosos;

– Problemas anatômicos ou cerebrais;

– Gravidez (no caso da incontinência urinária feminina);

– Infecção ou inflamação na próstata (no caso da incontinência urinária masculina);

– Aumento de peso;

– Acúmulo fecal que promove uma pressão sobre a bexiga.

Outros fatores são responsáveis pela incontinência de longo prazo:

– Depressão;

– Lesões na coluna;

– Problemas estruturais do trato urinário;

– Problemas neurológicos, como derrame;

– Câncer de bexiga;

– Mal de Alzheimer.

Além desses, outros problemas também podem estar associados à incontinência urinária.

Tratamento para a incontinência urinária

Uma parte do problema vem dos músculos do períneo e outra parte diz respeito ao sistema integrado de coordenação neuromuscular. Para garantir um resultado duradouro de tratamento da incontinência urinária, a RPG Souchard trabalha ambas as partes.

Muitas pessoas escondem o problema por constrangimento e, assim, deixam de fazer um tratamento adequado para a incontinência urinária. A condição de micção incontrolável abala o aspecto físico, social e psicológico do paciente. E, nesse contexto, a RPG Souchard pode desempenhar um excelente papel no processo de recuperação. Através de orientações e de um trabalho voltado ao fortalecimento pélvico com aumento da força de contração, desenvolvendo uma maior consciência e domínio acerca das estruturas do próprio corpo e ampliando a atividade dos músculos do assoalho pélvico. A RPG Souchard também reduz a predisposição a lesões e aumentos desnecessários da pressão intra-abdominal, o que garante a proteção dos músculos do assoalho pélvico.

8 “comidas saudáveis” que podem te fazer mal ( em excesso )

Mesmo que você tente buscar uma alimentação mais saudável, as vezes é fácil se enganar com o marketing das empresas do ramo alimentício e acabar consumindo algo que não vai fazer bem para você ou sua família.

É sempre bom olhar com calma os ingredientes e a tabela nutricional de cada produto antes de comprá-lo. Outra boa dica é sempre preferir alimentos orgânicos e evitar qualquer produto industrializado. Veja aqui uma lista de alimentos que são muitas vezes considerados saudáveis por engano, mas que na verdade podem fazer mal para você.

1 –  Sucos industrializados

1372

Sucos são supostamente saudáveis, certo? Infelizmente, a não ser que o suco seja natural, você deve evitá-los. Sucos de caixinha contém muito pouco da fruta e são compostos basicamente de água, açucar, sabores artificiais e xarope de milho. A pouca quantidade de fruta neles é tão processada que dificilmente conserva qualquer nutriente da fruta original. Sucos de caixinha são péssimos para a saúde. Prefira beber água ou, claro, sucos naturais.

2 – Bebidas esportivas

isotonico02

As bebidas esportivas não são para você , a não ser que você seja um atleta que acabou de terminar um treino prolongado e vigoroso, ai sim. Elas contém carboidratos como glicose, maltodextrina e um pouco de frutose. Elas ajudam a compensar as perdas de sudorese, causada pela perda de sódio pelo suor.

Bebidas esportivas não são refresco e não te oferecem nenhuma vantagem a não ser que você esteja praticando atividades físicas intensas.

3 – Óleos vegetais

576524-Os-óleos-vegetais-fazem-bem-à-saúde.

Com o medo das gorduras saturadas, houve um aumento no consumo de óleos vegetais feitos do milho, canola, soja e outros, considerados mais saudáveis.

O problema é que todos os óleos vegetais fritos (sim, todos!), geram em altas temperaturas, entre outras substâncias, o HNE, um sub-produto de ácido graxo nocivo à saúde. Essa toxina está relacionada com males como doenças cardiovasculares, derrames, alzheimer e câncer, pois sua alta reatividade com moléculas protéicas do DNA e RNA altera de forma substancial o funcionamento celular.

4 – Comidas com baixo teor de gordura

Laranja-com-Yogurt

A verdade de gorduras saturadas é que não são tão boas para a saúde, mas as fabricantes de alimentos aproveitaram essa onda saudável para criar comidas com baixo teor de gordura e/ou livre de gordura.

O problema é que eles fazem isso substituindo a gordura com químicos, açucares e adoçantes artificiais, para manter o sabor. Essas coisas conseguem ser muito piores para a saúde do que a gordura saturada.

5 – Salgados sem glúten

baguete_sem_gluten

Não importa se os salgadinhos são vendidos sem gordura, com pouco carboidrato ou sem glúten. Junk food é junk food. O fato de não conter glúten ou gordura não o torna saudável. Eles geralmente contam com a presença de amidos e açucares complexos que vão direto para o seu sangue.

6 – Margarina

manteiga

Coloque isso na sua cabeça: margarina é um veneno para a sua saúde. Margarina não é nada mais que óleo vegetal processado e é rica em gordura trans. Comer margarina não é melhor do que beber uma colher ou duas de óleo diretamente da garrafa.

Já a manteiga, apesar de conter muita gordura, é bem mais saudável, além de ser fonte de vitamina K2 e conter proteína e outros nutrientes.

7 – Barras energéticas

barra-de-ceral

Aqui vale a mesma dica das bebidas esportivas: barras energéticas ou de proteína não são recomendadas a não ser que você seja um atleta que acabou de terminar seu treino.

Atletas precisam de um nível de proteína maior do que a média das pessoas. Mas a maioria dessas barras tem alto teor de açucar, farinha branca, xarope de milho, gordura trans e outras coisas que você normalmente não gostaria de consumir. Na verdade, mesmo que você for um atleta, se puder evitar isso tudo, ainda melhor.

8 – Cereais matinais

aquario-graos-cereais-01g

Cereais matinais são, em geral, muito processados, o que fazem perder a maioria dos nutrientes dos grãos originais. Geralmente também, são cheios de açucares e carboidratos.

Fuja das marcas mais famosas e procure cereais orgânicos sem açúcar. Sempre verifique a tabela nutricional e os ingredientes usados no produto antes de comprá-lo.

 

Lipoaspiração

Para quem é indicada?

A lipoaspiração é feita para eliminar gorduras indesejadas de áreas problemáticas como abdome, costas, quadril, coxas, joelhos, braços, queixo e pescoço. A técnica da lipoaspiração baseia-se na elasticidade que a própria pele tem para voltar ao seu lugar, e por isso não é recomendada a pessoas com mais de 50 anos ou com histórico de flacidez.

Procedimento

O cirurgião faz marcações na pele da paciente como indicação  de local para ser lipoaspirado onde é feita uma pequena incisão na área desejada e insere um pequeno tubo chamado cânula. Há casos em que, antes do procedimento, são injetados fluidos compostos de anestésicos e outros produtos para reduzir o sangramento e o inchaço.

Esta cânula é conectada a uma espécie de bomba a vácuo ou a uma seringa longa que serve como uma espécie de sugador, e aspira a gordura existente embaixo da pele. O cirurgião movimenta essa cânula através do tecido gorduroso para que as células se rompam e ele possa aspirá-las. Finalmente, após toda a gordura ser retirada, o pequeno corte é suturado.

A duração depende da quantidade de gordura e da área da remoção. Assim que a cirurgia acaba, o local é coberto com curativos para evitar o contato com agentes bactericidas.

Má cicatrização, infecção, hemorragia, seromas ou reações à anestesia são as possíveis complicações desta cirurgia.

Liposuction-620x360

Como é a recuperação?

Tempo de permanência no hospital: um dia ou um dia e uma noite, dependendo do tamanho da área tratada.
Período de recuperação: de 6 meses a 1 ano, respeitando o processo total de cicatrização.

Outros efeitos adversos da lipoaspiração incluem o risco de que a área tratada fique com nódos(fibroses) e desigual. Por isso o pós operatório tem que ser tratado por um profissional que entenda do procedimento para que haja um resultado satisfatório.

 

Consciência corporal

A Importância em se conhecer….

Consciência corporal é tomar consciência de seu próprio corpo, reconhecendo e identificando processos e movimentos corporais, internos e externos.

download

Estabelecemos comunicação com o mundo exterior através dos sentidos que possuímos: visão, audição, olfato, paladar e tato; recebendo estímulos e processando-os mentalmente. Com o mundo interno também estabelecemos comunicação devido à estímulos feitos através das terminações nervosas presentes em músculos, articulações e órgãos.

Se alguma coisa está errada em nosso corpo, sinais de alerto são enviados para que prestemos mais atenção, fazendo com que tomamos mais conhecimento sobre como funcionamos.

Dessa forma, pequenos problemas podem se acumular e levar a fadiga, acabando com a energia para realizar até mesmo simples tarefas. Por isso a importância de termos consciência corporal, que proporciona maior energia e saúde para nossas vidas, consequentemente, mais qualidade de vida.

Os benefícios da consciência corporal

Tomar consciência dos movimentos que o corpo executa, traz a capacidade de realiza-los de maneira mais adequada, sem desperdícios de energia.

Assim, prestar atenção ao próprio corpo é a ideia básica da consciência corporal. Uma espécie de autoconhecimento, entendendo o que o corpo é capaz de fazer e quais suas limitações.

Muitas doenças surgem do fato de levarmos o corpo além do que ele é capaz de suportar ou realizar e de maneira brusca.

Conhecer e respeitar os limites de seu corpo evita doenças, bem como, demonstra os limites físicos durante as atividades diárias, de esporte e lazer. É importante, também, para o desenvolvimento de posturas e atitudes que melhoram nossa qualidade de vida e até mesmo o relacionamento interpessoal.

RPG e a consciência corporal

Os músculos e articulações foram projetados para movimentar-se, suportar cargas e gerar movimentação. Por isso, o sedentarismo não é uma escolha natural. Assim, a prática de uma reeducação postural propicia a percepção das conexões entre mente e físico. Conscientizando posturalmente seu corpo no espaço e prevenindo o aparecimento de lesões, estresse, bem como, melhorando a imagem de si e a percepção dos outros.

Uma dica legal para uma percepção corporal é o Stretching Global Ativo SGA para quem busca uma qualidade de vida, com consciência e manutenção corporal, deixando sempre ativos seus mecanismos de percepção..